728x90 AdSpace

Trending

Diferenças culturais em festas

Ref.: Cotidiano Digital E aí pessoal, Beleza ? Quem é meu amigo sabe que eu exerço a função de discotecário aos finais de semana em festas infantis. Nestas festas a gente vê de tudo: Gente bêbada falando besteira, pessoal caindo quando tenta dançar, pais fazendo vergonha, pais que não dão a mínima pras crianças durante a festa, etc. Mas uma coisa interessante que percebi na última festa que fiz foi o seguinte: O que significa "animação infantil" nas festas "de rico" e nas festas "de pobre"??? Em primeiro lugar quero deixar claro que não estou taxando ninguém de nada e nem dizendo que o lugar onde a pessoa mora a qualifica ou rotula como uma coisa ou outra, mas é interessante: - Na "festa de rico" (zona sul, barra, recreio, etc.) o termo "animação infantil" significa MANTER AS CRIANÇAS OCUPADAS E LONGE DOS PAIS O MAIOR TEMPO POSSÍVEL!!! É horrível fazer animação nestes lugares: As crianças GERALMENTE são mimadas e difíceis de tratar, pois acham que são "os pequenos donos do mundo" e que tem mais direitos que os demais, pois infelizmente é o que a grande maioria dos pais ensina pra eles. Sem contar com as situações onde os pais "zona sul" tentam "proteger" seus filhos "das injustiças" que o animador comete contra seus ricos herdeiros, quando os mesmos não conseguem ganhar nenhuma brincadeira simplesmente por não ter garra ou disposição suficiente. Mas pensando bem, pra que garra e disposição quando se tem um "papai" e uma "mamãe" que atropela tudo e todos, os direitos alheios e as "regras do jogo" para dar aos seus "ricos filhinhos" o que eles querem, a qualquer preço... Sem contar que fazer brincadeira com os adultos, nestas festas, é algo impraticavel... Já cheguei a presenciar um papai pedir ao animador para não fazer brincadeiras com os adultos "pra evitar constrangimentos"... Rídiculos !!! - Na "festa de pobre" tudo é diferente!!! Começando pelo conceito... Animação nestas festas significa ANIMAÇÃO... Todo mundo brinca, os papais e mamães "caem dentro" mesmo... As crianças sabem se expressar e fazem força pra conseguir o que querem... Mesmo quando estão perdendo e não conseguem ganhar o brinde através das brincadeiras, AS PRÓPRIAS CRIANÇAS vem até você e pedem "tio, me dá um brinquedo?" demonstrando que já tem arraigados dentro de si os conceitos de independência, garra e auto-suficiencia... Os pais sentem prazer em participar das brincadeiras, e até "brigam" pra ganhar as brincadeiras. Todos dançam participam e fazem da festa um evento geralmente muito agradável. É... Como diz o Betto: "Eu prefiro fazer 10 festas na baixada do que uma na zona sul..." E eu concordo com ele...

Um comentário:

Item Reviewed: Diferenças culturais em festas Rating: 5 Reviewed By: Renatho Siqueira